• Instituto Hori

Semana da Cultura Nordestina

Data é uma homenagem a Luiz Gonzaga - mas, nos lembramos de todos os fazedores de nossa cultura.


No dia 02 de Agosto tem-se o início da Semana da Cultura Nordestina, data que coincide com a morte de Luiz Gonzaga, morto em 1989 e que passou a ser lembrada a partir de 2012. Conhecido como “Rei do Baião”, Luiz Gonzaga foi responsável pela valorização dos ritmos nordestinos, levando o Baião, o Xote e o Xaxado para todo o país: gravou mais de 600 músicas, de sua autoria e de outros compositores, e influenciou outros tantos artistas, como Dominguinhos, Alceu Valença, Elba Ramalho, Fagner, Gilberto Gil.


Entre estas músicas está “Asa Branca” (1947), considerada a 4a música mais importante do país e que se tornou o “Hino do Nordeste brasileiro”, ao retratar o sofrimento do povo do sertão diante da seca que assola a região.


Enfim, como escreveu Milton Ribeiro “A importância de Gonzaga, o Rei do Baião, foi notável para a fixação da identidade nordestina, pois, mesmo construindo uma carreira musical no sudeste, Luiz Gonzaga manteve-se fiel às suas origens”.


Engana-se quem acredita que a cultura nordestina está apenas nas músicas de Luiz Gonzaga: além dos ritmos tão conhecidos de todos, a nossa cultura revela-se na culinária, no artesanato, nos festejos e nas danças, marcados pela diversidade, interracial e interreligiosa, e pela resistência do povo nordestino, e mais atualmente, uma grande produção fotográfica e audiovisual.


Mas essa é uma outra história.


#Semanadaculturanordestina

#LuizGonzaga

#ReidoBaião

#Nordeste

#Cultura

#02deagosto


CRÉDITOS

Texto: Cristiano Pedreira

Revisão: Junio Queiroz

Imagem: Cristiano Pedreira



Fontes:

Asa Branca, o hino nordestino, completa setenta anos


Discografia de Luiz Gonzaga


Luiz Gonzaga (1912-2012): o homem que descortinou o nordeste


3 visualizações

(71) 9.8877 - 4642

COPYRIGHT © INSTITUTO HORI - EDUCAÇÃO E CULTURA. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.